• Como uma mãe executiva criou uma solução para dar mais segurança ao retorno dos alunos às escolas em tempos de pandemia

    Mariana Marques, fundadora e CEO da Amarq, uniu-se à empresa de digitalização de saúde ShareCare para a criação do Projeto AME, que monitora as condições de saúde dos estudantes e permite check-in de quem não tem sintomas de Covid-19
    Fernanda Lima | 26 mar 2021

    O retorno às aulas presenciais é um assunto que preocupa muitos pais num cenário de incertezas como o que ainda vivemos com a pandemia de Covid-19. Por outro lado, o dano causado às crianças pela ausência de convivência social e o atraso no aprendizado é algo que também tem tirado o sono deles. 

    A empresária Mariana Marques, mãe de uma menina de 3 anos e de um jovem de 19, decidiu aproveitar o conhecimento que tem na área de saúde para criar um projeto que pudesse ajudá-la – e, consequentemente, a todos os pais com filhos em idade escolar –, a passar por esse momento com um pouco mais de tranquilidade. 

    Mariana é CEO da Amarq, empresa de consultoria de inteligência em saúde e bem-estar, e usou como inspiração um programa de telemedicina e mapeamento diário da saúde dos colaboradores da companhia para criar o Projeto AME – Apoio Médico Educacional.

    O projeto monitora as condições de saúde dos alunos e faz um check-in online para que somente possam estar no ambiente escolar aqueles que não apresentarem quaisquer sintomas relacionados à Covid-19. 

    “Nosso olhar é cuidar da saúde de alunos e colaboradores, proporcionando aos pais e familiares atenção médica e informações”, Mariana afirma. 

    Para desenvolver o projeto, a Amarq se uniu à ShareCare, empresa de inovação e digitalização da saúde. “Nossa parceria nasceu no início da pandemia, em março de 2020, quando desenvolvemos para o setor privado e, especialmente, para a nossa carteira com 86 mil vidas administradas, o conceito de retomada segura através de monitoria diária da saúde, a mais avançada do mercado”, diz ela.

    CHECK-UP DIÁRIO COM SARA, A ENFERMEIRA VIRTUAL

    O AME funciona da seguinte forma: uma vez que o serviço for adquirido pela instituição de ensino, os alunos começam a passar diariamente por um check-up via Whatsapp antes de irem para a escola. 

    Uma enfermeira virtual chamada Sara faz algumas perguntas para avaliar o estado de saúde de cada estudante. 

    Se ele estiver livre de sintomas, receberá o aval para poder entrar na instituição. Caso contrário, será orientado a ligar para um 0800 para obter esclarecimentos e diagnósticos de um profissional de saúde. 

    O serviço pode ser personalizado para cada escola e oferece também relatórios e histórico médico do aluno, que podem ser acessados pela instituição e pelos pais. 

    “Em nossa tecnologia aplicada temos mais de 6.500 regras clínicas para um monitoramento ativo com excelência”, diz ela. 

    A ideia, portanto, afirma a CEO, é que o AME seja uma referência não somente para o monitoramento de Covid, mas também ao cuidado e prevenção ao surgimento de outras patologias, como outros tipos de gripe, por exemplo. 

    “Acreditamos que saúde é desfrutar de um bem-estar físico e psicológico com todas as informações de promoção a ela.” 

    Para Mariana, informar a população sobre os riscos à saúde apresentados pela Covi-19 é tão importante quanto outras medidas de proteção. 

    “Informações precisas por profissionais da saúde e confiáveis permitem que pessoas tomem decisões conscientes e adotem comportamentos positivos para proteger a si e seus entes queridos de doenças, como a causada pelo novo coronavírus.”

    AMARQ CRESCE COM FOCO NA PREVENÇÃO

    Com 250 empresas clientes, 60 funcionários e faturamento em torno de R$ 10 milhões, a Amarq assiste hoje a uma carteira de 86 mil vidas, na gestão de planos de saúde e no desenvolvimento de soluções para o segmento corporativo. 

    A CEO e fundadora vê seu negócio crescer – em 2020, o salto foi de 50% – sustentado no auxílio à prevenção de doenças, com soluções que antecedem o agravamento clínico. 

    Caso, por exemplo, do Programa de Saúde Emocional, pelo qual colaboradores das empresas clientes podem ter acesso a psicólogos e terapeutas em sessões online.

    A Amarq foi fundada em 2014 por Mariana, que tinha uma certeza na vida: queria ser presidente de uma empresa. Ao menos foi isso que ela disse em sua primeira entrevista de emprego na vida ao presidente de uma grande corretora de saúde.

    O AME é apenas um dos produtos da empresa desta “mãe e executiva”, como ela gosta de se autodefinir. “Com ele, pretendemos desenvolver um papel de responsabilidade para contribuir com o setor educacional, gerando para as instituições de ensino um novo conceito de preocupar-se com a saúde e bem-estar de seus alunos, pais e colaboradores.”

    Fique por dentro das melhores histórias de inovação em saúde: assine gratuitamente nossa newsletter!


    Confira Também: